Economia

Startup portuguesa vence concurso de empreendedorismo

Startup portuguesa vence concurso de empreendedorismo
Macau Business

Concurso distingue empresas de tecnologia do Brasil e de Portugal e abre portas a financiamentos.

A 'startup' portuguesa Virtuleap venceu esta quinta-feira um concurso de inovação em Macau, no qual foram distinguidas outras cinco empresas brasileiras e que abre portas a apoios de financiamento e ao mercado chinês.

Com um capital de 1,4 milhões de euros e à procura de financiamento na ordem dos dois milhões de euros, a Virtuleap, fundada em 2018, combina neurociência e realidade virtual para ajudar a aumentar os níveis de atenção, no tratamento de doenças cognitivas e para retardar o início do declínio cognitivo.

No "Concurso de Inovação e Empreendedorismo (Macau) para Empresas de Tecnologia do Brasil e Portugal 2022" foram selecionados 14 projetos dos dois países lusófonos. Os vencedores ganharam prémios monetários, num valor máximo de 150 mil patacas (19,4 mil euros), e a garantia de apoios para facilitar o acesso a financiamento e ao mercado da China continental.

O concurso foi organizado pelo Gabinete de Desenvolvimento Económico e Tecnológico do Governo de Macau e concretizado pela Parafuturo de Macau e pelo Centro de Incubação de Jovens Empresários de Macau, com os projetos em competição a serem analisados por um painel de investidores, docentes universitários, representantes de instituições financeiras e de incubadoras de empresas.

Os organizadores sublinharam que "os vencedores ficarão qualificados para implementar os seus projetos na área da Grande Baía", o projeto de Pequim de criar uma metrópole mundial que agrega Macau, Hong Kong e nove cidades da província chinesa de Guangdong, com cerca de 80 milhões de habitantes.

Últimas Notícias
Mais Vistos