Economia

Especialista em energia critica gasoduto ibérico: "Acho que eles estão a fazer um disparate"

Loading...

António Sá da Costa lembra que a rede de gás natural não tem capacidade para transportar hidrogénio puro.

António Sá da Costa, especialista em energia, critica o acordo para o gasoduto ibérico. Diz que os governantes não sabem o que estão a fazer e garante que são precisos tubos diferentes para o transporte de cada tipo de gás.

“Eu acho que eles estão a fazer um disparate. Eu acho que os nossos governantes na UE estão perfeitamente desorientados”, afirma António Sá da Costa em entrevista à SIC Notícias.

O especialista explica que o hidrogénio “é a molécula mais pequena que existe no mundo” e que os tubos de gás natural não têm capacidade para transportar moléculas tão pequenas.

“As tubagens que existem na rede de transporte [do gás natural] são permeáveis à saída do hidrogénio, não servem. Não se consegue injetar mais do que 10% – no máximo 15% – de hidrogénio numa mistura de gás natural. Para transportar o hidrogénio puro tem de ser uma tubagem completamente diferente”, garante.

Últimas Notícias
Mais Vistos