Economia

Airbus oferece apoio de 1.500 euros aos trabalhadores

Airbus oferece apoio de 1.500 euros aos trabalhadores
Richard Baker/Getty Images

A ajuda da Airbus destina-se a todos os trabalhados e aos jovens trabalhores-estudantes para compensar o efeito da inflação na perda de poder de compra.

A empresa Airbus vai pagar, em novembro, um bónus aos funcionários em todo o mundo para compensar a subida da inflação. Serão mil e quinhentos euros brutos distribuídos na Alemanha, França, Espanha e Reino Unido, onde a Airbus tem maior presença industrial.

Fontes do fabricante aeronáutico europeu avançaram hoje à agência espanhola EFE que o prémio será pago aos 120.000 funcionários da Airbus em todo o mundo, mas, o valor não será o mesmo tem todos os países.

Segundo adiantaram, este valor será calculado em percentagem da base salarial média local, sendo também contemplados os jovens trabalhadores que alternam formação e estágio na empresa.

O objetivo da empresa é ajudar a compensar, a curto prazo, o efeito da inflação na perda de poder de compra dos trabalhadores. O prémio a atribuir não altera os processos de negociação salarial realizados em cada país.

Dando o exemplo de França: em março passado foi assinado um acordo que prevê um aumento de 6,8% para o conjunto dos anos 2022-2023 e que será revisto em março do próximo ano.

O custo da medida, cerca de 200 milhões de euros, será refletido nas contas da Airbus, que divulga na sexta-feira os resultados do terceiro trimestre.

Últimas Notícias
Mais Vistos