Economia

CGD reduziu 170 trabalhadores e fechou 27 agências nos primeiros nove meses do ano

CGD reduziu 170 trabalhadores e fechou 27 agências nos primeiros nove meses do ano
ANTÓNIO PEDRO SANTOS

CGD apresentou lucros de 692 milhões de euros até setembro, um aumento de 61% face aos primeiros nove meses de 2021.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) reduziu 170 trabalhadores e fechou 27 agências nos primeiros nove meses deste ano, de acordo com as contas até setembro apresentadas, esta quinta-feira, pelo banco público.

No final de setembro, a CGD Portugal tinha 6.213 empregados, menos 170 que os 6.383 de final de 2021. Já em relação a setembro de 2021, a redução é de 246 trabalhadores.

Em termos de rede comercial, no final de setembro, a CGD tinha 515 agências, menos 27 do que no final do ano passado.

Até setembro, os custos de estrutura foram de 523,34 milhões de euros, mais 38,8% face ao período homólogo de 2021.

De acordo com a CGD, esta subida face ao ano anterior deveu-se a "uma evolução determinada pelo evento não recorrente em 2021 de redução de 145,4 milhões de euros em provisões para serviços passados associada ao protocolo para serviços médicos assinado pela Caixa em Portugal".

A CGD apresentou, esta quinta-feira, lucros de 692 milhões de euros até setembro, um aumento de 61% face aos primeiros nove meses de 2021.

Últimas Notícias
Mais Vistos