Economia

Indústria portuguesa do calçado vai investir 600 milhões de euros

Loading...

Objetivo é chegar aos três mil milhões de euros em vendas até 2030.

O plano estratégico foi apresentado esta terça-feira e aponta, sobretudo, para o mercado externo num setor envia para o estrangeiro mais de 95 por cento da produção.

O plano estratégico apresentado esta terça feira prevê investimentos na ordem dos 600 milhões de euros até 2030 em quatro áreas, tais como a qualificação, a inovação, a sustentabilidade e a promoção comercial externa.

A indústria do calçado exporta 95% da produção para mais de 172 países e este ano as vendas para o exterior continuaram a recuperar do impacto que sofreram com a pandemia.

Ultrapassaram os 1500 milhões de euros nos primeiros nove meses, mas o objetivo é duplicar este valor e chegar aos três mil milhões, até 2030.

Para que essa quantia seja atingida será necessário abordar cirurgicamente os potenciais mercados para o calçado português. Mercado esse que passa pelas 690 milhões de pessoas que registam um rendimento superior a 38 500 dólares (37.150 euros) por ano.

Mais de metade vivem nos Estados Unidos e na Europa e são as que têm maior poder de compra. Portanto, são as mais passíveis de calçarem sapatos “made in” Portugal.

Serão, por isso, o alvo preferencial das campanhas do setor.

Últimas Notícias
Mais Vistos