50 anos da chegada do Homem à Lua

A conquista espacial em 10 grandes datas

Do Sputnik soviético ao robô europeu Philae, passando pelos primeiros passos do Homem (norte-americano) na Lua há 50 anos, as 10 grandes datas da conquista do espaço.

1957: Sputnik

A 4 de outubro de 1957, a União Soviética lança o primeiro satélite artificial, o Sputnik-1. Está oficialmente lançada a Corrida Espacial entre Estados Unidos e União Soviética.

A pequena esfera de alumínio (58 cm de diâmetro e 84 kg) demora 98 minutos para dar a volta à Terra e enviar a primeira mensagem a partir do espaço - um simples "bip bip".

ZENTRALBILD PICTURE SERVICE / AP

A 3 de novembro do mesmo ano, a Sputnik-2 leva para o espaço o primeiro ser vivo, a cadela Laika, para uma viagem sem regresso.

AP

1961: Yuri Gagarin em órbita

A 12 de abril de 1961, o soviético Yuri Gagarin, a bordo do foguetão Vostok-1, é o primeiro homem no espaço. Dá uma volta à Terra num voo que durou 1h48m.

23 dias mais tarde, é a vez dos norte-americanos - Alan Shepard fica 15 minutos no espaço - não faz uma órbita à Terra.

A 16 de junho de 1963, a soviética de 26 anos Valentina Tereshkova é a primeira mulher cosmonauta. Sai para o espaço durante três dias.

Só em 2003 um terceiro país envia um homem para o espaço pelos seus próprios meios: o taikonauta chinês Yang Liwei permanece 21 horas a bordo do foguetão Shenzhou V.

Taikonauta Yang Liwei a bordo da nave Shenzhou V.

Taikonauta Yang Liwei a bordo da nave Shenzhou V.

AP

1969: Neil Armstrong pisa a Lua

A 21 de julho de 1969 (ainda era 20 de julho em Houston), o norte-americano Neil Armstrong pisa pela primeira vez o solo lunar, durante a missão Apollo 11. Segue-lhe os passos "Buzz" Aldrin, enquanto Michael Collins permanece em órbita no módulo de comando.

Entre 1969 e 1972, 12 astronautas, todos norte-americanos, irão à Lua no âmbito das missões Apollo.

1971: Salyut - a primeira estação espacial

A 19 de abril de 1971, os soviéticos lançam a Salyut 1, a primeira estação espacial orbital, parte de um programa que colocará em órbita quatro missões científicas tripuladas e duas missões de reconhecimento com tripulação militar, até 1986

Sucede-lhe a estação orbital Mir, lançada em 1986 pela União Soviética, depois mantida pela Rússia e destruída em 2001 após 15 anos de atividade. Foi a primeira estação espacial modular construída no espaço e serviu para várias experiências científicas.

Em 1998 começa a construção da Estação Espacial Internacional (ISS), a maior estrutura alguma vez construída pelo Homem no espaço com a participação de 16 países.

1976: uma sonda em Marte

A 20 de julho de 1976, a sonda norte-americana Viking 1 é o primeiro engenho a transmitir uma imagem a partir de Marte e a recolher a primeira amostra do solo marciano.

Desde então, vários robôs norte-americanos têm explorado o planeta vermelho, nomeadamente o Opportunity entre 2004 e 2018. Atualmente só há um ativo em Marte: o Curiosity, que aterrou 2012.

Foram lançadas cerca de 40 missões a Marte por vários países. Mais de metade falhou.

  • A Terra vista de Marte numa série de três imagens captadas pela sonda Curiosity em 2014

1981: vaivéns espaciais

A 12 de abril de 1981 é posto ao serviço o primeiro vaivém reutilizável: a nave espacial norte-americana Columbia. Seguiram-se outras quatro: Challenger, Discovery, Atlantis e Endeavour) até ao fim do programa em 2011.

Desde então, os Estados Unidos dependem da Rússia para levar os astronautas até à Estação Espacial Internacional, na nave espacial Souyuz.

Duas naves explodiram durante o voo, provocando a morte de 14 astronautas: Challenger em 1986 e Columbia em 2003.

O vaivém Challenger explode segundos após a descolagem a 28 de janeiro de 1986. Os sete tripulantes morrem.

O vaivém Challenger explode segundos após a descolagem a 28 de janeiro de 1986. Os sete tripulantes morrem.

Stringer .

1990: telescópio espacial Hubble

A 25 de abril de 1990, foi colocado em órbita, a 547 km da Terra, o primeiro telescópio espacial. Com um comprimento de 13 metros, o Hubble revolucionou a astronomia e alterou a nossa visão do Universo.

Durante os 25 anos que navegou pelo sistema solar, fez mais de um milhão de observações, registou as imagens mais marcantes do nosso sistema solar e de algumas das mais longínquas e antigas galáxias.


2001: um turista no espaço

A 28 de abril de 2001, Dennis Tito, um empresário norte-americano de 60 anos, torna-se o primeiro turista no espaço. Pagou 20 milhões de dólares à Rússia para uma estadia de oito dias na Estação Espacial Internacional (ISS).

Até 2009, sete outros turistas apanharam boleia da Souyuz russa para irem a bordo da ISS.

2001 - O primeiro turista do Espaço, o norte-americano Dennis Tito, parte do Baikonur, a bordo de uma nave Soyuz.

2001 - O primeiro turista do Espaço, o norte-americano Dennis Tito, parte do Baikonur, a bordo de uma nave Soyuz.

© Reuters Photographer / Reuter

2008: SpaceX

A 28 de setembro de 2008 surge mais um protagonista na corrida espacial: é lançado o foguetão Falcon 1, da empresa norte-americana SpaceX de Elon Musk, a primeira nave espacial desenvolvida por um privado a alcançar a órbita terrestre.

Em maio de 2012, a empresa da Califórnia envia a primeira nave de mercadorias - a cápsula Dragon - para a ISS contratada pela NASA. O objetivo será também o de levar e trazer astronautas da Estação Espacial Internacional.

  • Os futuros "táxis" da NASA para a ISS

Com o foguetão Falcon Heavy, a SpaceX entra no mercado do lançamento de satélites.

  • Falcon 9 lançado e recuperado, numa operação inédita


2014: robô Philae pousa num cometa

A 12 de novembro de 2014, a Agência Espacial Europeia (ESA) consegue colocar um pequeno robô num cometa pela primeira vez. A sonda Rosetta lança o módulo Philae para o 67P/Churyumov-Gerasimenko, a mais de 500 milhões de km da Terra.

  • Um dia depois de pousar no cometa, Philae enviou a primeira imagem.

Para o infinito e mais além

É já longo o historial de envio de sondas espaciais para explorar os mistérios do Sol, dos planetas e de outros objetos longínquos.

Atualmente, há 5 sondas que viajaram para além do nosso sistema solar e que se encontram algures no espaço interstelar. Três ainda estão em funcionamento e enviam regualrmente notícias para terra via rádio: Voyager 1, Voyager 2 e New Horizons que em 2012 sobrevoou o objeto celeste mais distante.

As sondas Pioneer 10 e Pioneer 11 foram abandonadas à sua sorte.

A sonda Voyager 1, lançada em 1977, é o engenho construído pelo Homem que mais longe viajou no Universo. Em 2012, entrou no espaço interestelar. Com ela leva uma gravação com "saudações ao Universo".