À conquista de Marte

Desde os anos 1960 que esta verdadeira pepita científica tem recebido, no solo ou em órbita, várias dezenas de sondas, a maioria norte-americana. Muitas não tiveram sucesso. Nos anos 2000, o interesse renovou-se com uma descoberta que veio provar que, num tempo longínquo, correu água líquida na superfície agora árida e rochosa. A atração aumentou e o nosso vizinho do lado tornou-se a prioridade da exploração espacial de vários países.

Últimas