Acidente na Madeira

Avião que faz o repatriamento dos 12 feridos alemães saiu do Funchal

Na quarta-feira, um acidente com um autocarro de turistas no Caniço, em Santa Cruz, na ilha da Madeira, provocou 29 mortos, todos de nacionalidade alemã.

A operação de transferência dos 12 feridos alemães internados no Hospital do Funchal para o Aeroporto da Madeira rumo à Alemanha terminou às 10:45, tendo durado 2:03 horas.

Pouco depois das 12:00, o avião alemão descolou do Funchal com destido a Colónia, com os 12 feridos a bordo. Um momento testemunhado pelo repórter da SIC Paulo Figueira.

No Aeroporto, realizou-se logo após a partida do aparellho uma conferência de imprensa de balanço da operação pelo secretário regional da Saúde, Pedro Ramos.


Os feridos partiram num avião hospital da Força Aérea alemão com destino à Alemanha, viagem que deverá levar cerca de quatro horas até ao destino.


A primeira ambulância da operação partiu às 8:42 horas do Hospital rumo ao Aeroporto da Madeira - Cristiano Ronaldo num percurso de cerca de 20 minutos.


Na quarta-feira, um acidente com um autocarro de turistas alemães no Caniço, em Santa Cruz, na ilha da Madeira, provocou 29 mortos e 27 feridos, dois dos quais portugueses (o motorista e a guia turística).


Entretanto, a maior parte dos feridos que entrou no Hospital já teve alta, ficando, agora, internados apenas os dois portugueses e uma turista alemão que não seguiu hoje para a Alemanha por motivos clínicos, segundo a Direção Clínica do Hospital Central do Funchal ou Dr. Nélio Mendonça.


A operação é suportada pelo Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM)e pelo Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC), tendo as 12 ambulâncias partido para o Aeroporto com equipas médicas da região e da Alemanha e escoltadas por batedores da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Com Lusa

  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44