Afeganistão: Capital dos Errantes

Os Talibã e o seu reinado de horror

Os Talibã e o seu reinado de horror

Apesar de terem sido removidos do poder em 2001, os Talibã reagruparam-se e continuam a resistir à ocupação da NATO

Os Talibã são um grupo fundamentalista islâmico, predominantemente pashtun, que governaram o Afeganistão de 1996 a 2001. Após o ataque às torres gémeas, uma invasão liderada pela NATO derrotou o regime, acusando-o de acolher a Al-Qaeda e Osama bin Laden.

Reagruparam-se no Paquistão, liderados pelo Mullah Mohammed Omar, que acabou por morrer em 2014 por razões desconhecidas. Hoje em dia, são liderados pelo Mawlawi Hibatullah Akhundzada.

Os talibã estão, aos poucos, a regressar ao Afeganistão, controlando já cerca de 20 por cento do território nacional. O governo afegão tem o apoio do Ocidente. Os talibã têm sido responsáveis por uma série de ataques terroristas, sobretudo na capital, Cabul. O Afeganistão é um dos países do globo mais fustigado pela guerra.

Apesar de o presidente afegão, Ashraf Ghani, já ter proposto negociações de paz e até mesmo reconhecer os Talibã como partido, o grupo continua a exigir a retirada das tropas da NATO do país, incluindo os 186 militares portugueses.

  • O 12.º episódio do "Polígrafo SIC"
    21:36