Assalto em Tancos

Alegado cabecilha implica ex-ministro da Defesa na encenação das armas recuperadas de Tancos

João Paulino é acusado de liderar o assalto a Tancos.

O alegado cabecilha que assaltou os paióis de Tancos admitiu um tribunal que participou no roubo e implicou o ex-ministro da Defesa, Azeredo Lopes, na encenação da recuperação das armas.

João Paulino é acusado de liderar o assalto a Tancos. É considerado pela acusação como o mentor do maior roubo de sempre na história das Forças Armadas.