Eleições Autárquicas

Candidato do PSD abandona reunião da Câmara de Coimbra após altercação

MANUEL DE ALMEIDA / LUSA

Antigo bastonário da Ordem dos Médicos decidiu abandonar a reunião depois de não lhe ter sido dada a palavra.

O vereador independente José Manuel Silva, candidato do PSD à Câmara de Coimbra nas próximas eleições locais, abandonou esta segunda-feira a reunião do executivo após o presidente, Manuel Machado, lhe ter recusado a palavra.

Antes de o executivo entrar na ordem de trabalhos, na sequência de uma troca de acusações entre o vice-presidente da Câmara, Carlos Cidade, e o líder do movimento Somos Coimbra, José Manuel Silva, este pediu uma oportunidade para poder "defender a honra".

O antigo bastonário da Ordem dos Médicos decidiu abandonar a reunião, depois de Manuel Machado não lhe ter dado a palavra para reagir à intervenção de Carlos Cidade, o qual, sem mencionar o nome, se tinha referido ao vereador da oposição como "alguém que se quer transformar em bobo da corte", agora no papel de candidato do PSD à presidência do município nas autárquicas deste ano.

Um requerimento de Paulo Leitão, do PSD, para que Machado desse a palavra a José Manuel Silva, seria depois aprovado por unanimidade, mas nesse momento o visado, visivelmente exaltado e acusando o presidente de "não ser democrata", já estava a sair da sala.