Eleições Autárquicas

Inês de Medeiros lidera em Almada com 1% de vantagem

Sondagem SIC/Expresso

Intenções de voto dividem-se entre PS e CDU.

Depois de um mandato pelo Partido Socialista à frente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros voltaria a ganhar as eleições, pela margem mínima de 1%, se as autárquicas fossem hoje.

Uma sondagem do ICS e do ISCTE para a SIC e para o Expresso revela que as intenções de voto no concelho de Almada dividem-se, com o PS e a CDU praticamente empatados.

34% para o PS, 33% para a CDU, empate entre o candidato da coligação PSD/CDS/Aliança/MPT/PPM e Joana Mortágua, pelo Bloco de Esquerda, com 11%, o Chega 5% e a Iniciativa Liberal 3%.

A maioria dos almadenses dá, ainda assim, nota positiva à atual gestão da Câmara.

A oferta cultural, a qualidade dos espaços públicos e a segurança são vistos como os melhores aspetos. Transportes públicos, limpeza das ruas, apoios sociais, trânsito e habitação também têm avaliação positiva.

O combate à corrupção, os impostos e as taxas municipais são as vertentes menos positivas.