Benfica Campeão 2018/2019

Os números que marcam o 37.º título do Benfica

De um ataque historicamente demolidor a uma série invencível que segue para a próxima época: eis alguns dos números que marcam o 37.º título conquistado pelas águias.

MELHOR ATAQUE

103 golos: é este o impressionante registo do ataque benfiquista em 2018/2019.

Uma marca com peso histórico, já que iguala a da época mais demolidora de sempre dos encarnados no campeonato, alcançada em 1967/64.

O trio Seferovic, João Félix e Pizzi marcou quase metade dos golos apontados pelas águias

O trio Seferovic, João Félix e Pizzi marcou quase metade dos golos apontados pelas águias

MAIS GOLEADAS

Definindo-se uma goleada como uma vitória por três ou mais golos de diferença, também aqui impera o poderio da águia, com um total de 13.

O triunfo mais robusto foi construído em casa, diante do Nacional (10-0), à 21.ª jornada, naquela que foi também, até à data, a maior goleada deste campeonato, bem como a maior das águias nos últimos 55 anos.

O histórico triunfo sobre o Nacional teve golos para todos os gostos e dividiu-se por oito jogadores: Grimaldo, Seferovic (2), João Félix, Pizzi, Ferro, Rúben Dias, Jonas (2) e Rafa construíram uma goleada das antigas

O histórico triunfo sobre o Nacional teve golos para todos os gostos e dividiu-se por oito jogadores: Grimaldo, Seferovic (2), João Félix, Pizzi, Ferro, Rúben Dias, Jonas (2) e Rafa construíram uma goleada das antigas

MAIS VITÓRIAS

São 28 os triunfos encarnados ao fim de 34 jornadas. Ou seja, uma taxa de vitórias superior a 80%, com um curioso equilíbrio entre o número de vitórias a jogar no Estádio da Luz (14) e fora de casa (14).

Com 3 vitórias em 4 clássicos, os encarnados foram implacáveis nos duelos com os principais rivais

Com 3 vitórias em 4 clássicos, os encarnados foram implacáveis nos duelos com os principais rivais

MAIS JOGOS CONSECUTIVOS SEM PERDER

Depois de um início de campeonato inconstante, com duas derrotas consecutivas nas jornadas 8 e 9 e um novo desaire em Portimão na jornada 15 (que ditou a saída de Rui Vitória), o Benfica embalou para o título e, sob o comando de Bruno Lage, não voltou a perder.

São já 19 jornadas consecutivas sem provar o sabor da derrota, um feito que nenhuma outra equipa alcançou em 2018/19 e que o Benfica vai levar para a próxima temporada.

  • Aldeia de Roberto Leal recebe notícia da morte com consternação
    2:02