Brexit

Seis dos 11 deputados abandonam recém-formado partido centrista Change UK

Anna Soubry

Simon Dawson

O Change UK foi constituído como partido em abril.

O recém-formado partido britânico Change UK, formado por dissidentes conservadores e trabalhistas, elegeu esta terça-feira o novo líder na sequência da saída de seis dos 11 deputados.

A antiga conservadora Anna Soubry, conhecida pelas intervenções determinadas contra o 'Brexit' e a favor de um novo referendo, substitui Heidi Allen, que estava em funções como líder interina.

Além de Allen, também saíram Sarah Wollaston, ambas ex-deputadas do partido Conservador, e Chukka Umunna, Angela Smith, Luciana Berger e Gavin Shuker, estes quatro antigos deputados do partido Trabalhista.

"Estou profundamente desapontada por, num momento tão crucial na política britânica, os nossos ex-colegas tenham tomado esta decisão. Esta não é a hora de sair, mas sim de arregaçar as mangas e de defender o centro moderado que não está representado na política britânica atual", declarou Soubry.

O Change UK foi constituído como partido em abril, na sequência da formação de um grupo independente de deputados dissidentes dos dois principais partidos britânicos devido principalmente às posições sobre o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Porém, só conseguiu 3,4% dos votos e não conseguindo eleger qualquer eurodeputado nas eleições europeias de maio, tendo a maioria dos eleitores anti-'Brexit' votado nos Liberais Democratas ou Verdes. Além de Soubry, restam agora Chris Leslie, Joan Ryan, Mike Gapes, Ann Coffey.

Os seis deputados que saíram publicaram um depoimento em que explicam que vão adotar o estatuto de deputados independentes para poderem "trabalhar transversalmente aos partidos e responder de forma flexível".

Lusa

  • Miguel Albuquerque desafia PSD a “dizer o que quer”
    10:59
  • Empate técnico nas eleições em Israel: o que se segue
    2:28