Brexit

Tesouro britânico destina mais 2,2 mil milhões de euros para saída da UE

Alberto Pezzali

Os fundos suplementares serão destinados, nomeadamente, à polícia de fronteiras e aos portos.

O Tesouro britânico vai disponibilizar dois mil milhões de libras adicionais (2,2 mil milhões de euros) para o período 2020-2021 para financiar os preparativos do 'Brexit', anunciaram na terça-feira os serviços do ministro das Finanças, Sajid Javid.

O anúncio, que será feito na quarta-feira durante a apresentação do orçamento, eleva, assim, a mais de 8,3 mil milhões de libras (9,1 mil milhões de euros) o envelope total consagrado pelo Reino Unido, desde o referendo de junho de 2016, para a saída da União Europeia.

Os fundos suplementares serão destinados, nomeadamente, à polícia de fronteiras e aos portos.

Uma maioria de deputados britânicos aprovou na terça-feira uma moção que permite a apresentação de legislação para impor um novo adiamento do 'Brexit' que impeça uma saída sem acordo em 31 de outubro.

O primeiro-ministro britânico anunciou a apresentação de uma proposta para antecipar eleições legislativas, após perder a votação.

O cenário de um 'Brexit' desordenado vai ser tema central na reunião de 'rentrée' do colégio da Comissão Europeia hoje, em Bruxelas, com o executivo comunitário a adotar uma sexta comunicação sobre medidas de contingência para essa eventualidade.

Lusa

  • Hoje nos jornais
    3:48