Cardeal Antonio Tagle

A Igreja está a assumir o drama dos abusos sexuais "muito a sério"

A Igreja Católica está a assumir o drama dos abusos sexuais "muito a sério"

A Igreja Católica está a assumir o drama dos abusos sexuais "muito a sério", considera o cardeal-arcebispo de Manila e presidente da Caritas Internacional.

Luis Antonio Tagle lembra as iniciativas do Papa Francisco, para dizer que a Igreja aprendeu com os erros. Mas é preciso fazer mais do que garantir a justiça "que não cura as feridas", defende.

Tagle, que chorou durante a intervenção que fez na Cimeira sobre abusos sexuais, realizada em fevereiro, no Vaticano, propõe pontes de diálogo entre vítimas e abusadores que assumam os crimes praticados e se arrependam. Talvez assim, espera o prelado, "se ajudem mutuamente a curar as feridas".

  • O planeta em que todos vivemos

    Futuro Hoje

    O Planeta Lourenço terá que ser ainda mais simples e eficaz na mensagem. É um risco. Frequentemente, quando me mostram aparelhos ou programas as coisas falham, é o que chamo de síndrome da demonstração. Mas isto acontece na vida real, é assim que vamos fazer.

    Opinião

    Lourenço Medeiros