Caso CGD

"Não menti nem omiti nada", diz Vítor Constâncio

"Não menti nem omiti nada", diz Vítor Constâncio

Vítor Constâncio garante que não mentiu nem omitiu informações aos deputados, na comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos.

Em entrevista à RTP, o antigo governador do Banco de Portugal assegura que só teve conhecimento do crédito concedido pelo banco público à fundação Berardo para a compra de ações do Banco Comercial Português depois da operação estar consumada.

Diz ainda que o supervisor não tinha poderes para se opor ao financiamento, nem nenhuma razão para impedir que Berardo passasse a ter uma participação qualificada no BCP.

  • O 12.º episódio do "Polígrafo SIC"
    21:36