Caso CGD

Faria de Oliveira reconhece que créditos concedidos a Berardo eram uma preocupação

Faria de Oliveira reconhece que créditos concedidos a Berardo eram uma preocupação

Antigo presidente da CGD considera que Banco de Portugal podia ter alertado mais para as garantias de Joe Berardo.

Faria de Oliveira reconheceu esta segunda-feira que os empréstimos da Caixa Geral de Depósitos a Joe Berardo eram sempre uma preocupação. Na comissão de inquérito, no Parlamento, o ex-presidente do banco público defendeu que o Banco de Portugal devia ter alertado mais para os riscos da operação.