Ciclone Idai

“Dentro de 3 a 5 dias poderão estar a salvo todas as pessoas em risco”

“Dentro de 3 a 5 dias poderão estar a salvo todas as pessoas em risco”

Luís Fonseca, jornalista da Lusa em Moçambique, faz o ponto de situação das operações de resgate.

Ao telefone de Maputo, relata que há uma vasta rede de equipas no terreno, nomeadamente os especialistas em buscas e resgates que têm como prioridade chegar às pessoas e levá-las para sítios seguros.

A indicação é de que existem mais de 345 mil pessoas em risco, sobretudo nas comunidades rurais onde não existem infraestruturas e as pessoas constroem as casas com o que têm “mais à mão”, explica.

Luís Fonseca diz ainda que continua a chover muito, e que a chuva deve manter-se até ao final de quinta-feira. Por essa razão, é esperado que o nível das águas continua a subir, mas pouco.