Ciclone Idai

Ajuda humanitária começa a chegar às zonas mais afetadas em Moçambique

Ajuda humanitária começa a chegar às zonas mais afetadas em Moçambique

É preciso comida, água potável e medicamentos.

Os donativos internacionais para ajuda humanitária de emergência começaram a chegar às zonas mais afetadas pelo ciclone em Moçambique, mas a destruição das infraestruturas está a dificultar a distribuição. Os bens essenciais têm de ser entregues de barco ou pelo ar às 1,7 milhões de pessoas que precisam de apoio.