Ciclone Idai

Comissão eleitoral pede adiamento do recenseamento em Moçambique

Comissão eleitoral pede adiamento do recenseamento em Moçambique

O relato do jornalista da agência Lusa, Luís Fonseca, me direto para a SIC.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique anunciou hoje que pediu ao Conselho de Ministros o adiamento do recenseamento para as eleições gerais previstas para outubro deste ano devido aos efeitos do ciclone Idai. A informação foi avançada à SIC pelo jornalista da agência Lusa, Luís Fonseca, em direto de Moçambique no Primeiro Jornal.


Em conferência de imprensa, em Maputo, o porta-voz da CNE, Paulo Cuinica, não adiantou, no entanto, a nova data para o início do recenseamento, que estava previsto para 1 de abril.