Ciclone Idai

Cerca de 900 mil crianças precisam de apoio urgente em Moçambique

Cerca de 900 mil crianças precisam de apoio urgente em Moçambique

A ONU passa a gerir o apoio humanitário na cidade da Beira.

O Governo de Moçambique anunciou este sábado que são já 417 os mortos contabilizados depois da passagem do ciclone Idai.

A ajuda internacional continua a chegar, mas parece ser ainda suficiente para fazer face a todas as necessidades.

A Unicef diz que há 1 milhão e 800 mil pessoas a precisar de ajuda urgente, metade delas crianças.

Dois contingentes de militares portugueses que vão participar nas operações de busca e assistência às vitimas do ciclone já chegaram a Moçambique.

  • Via Sacra – Episódio 2
    26:42