Ciclone Idai

Santuário de Fátima doa 15 mil euros para apoio às vítimas de ciclone

TIAGO PETINGA

Donativo vai ser enviado através da Cáritas.

O Santuário de Fátima vai enviar um donativo de 15 mil euros para o apoio às vítimas das cheias provocadas pelo ciclone Idai, em Moçambique, através da Cáritas Portuguesa, foi anunciado este sábado.

"Queria pedir que tivéssemos presente, agora, os nossos irmãos de Moçambique, sobre os quais caiu a tragédia do ciclone Idai, causando mortos, desaparecidos e carenciados", disse António Marto, bispo de Leiria-Fátima, no final da missa a que presidiu na manhã de hoje, na Basílica da Santíssima Trindade.

Citado num comunicado, o prelado disse que o Santuário de Fátima quer manifestar também a sua solidariedade através de uma primeira ajuda, com um donativo de 15 mil euros.

O número de mortos contabilizados por Moçambique, devido ao ciclone Idai, subiu hoje para 417, anunciaram as autoridades.

O número de pessoas afetadas pelo ciclone Idai poderá ultrapassar os três milhões e os recursos necessários para a assistência humanitária são ainda muito insuficientes, referiu hoje Graça Machel, presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade.

A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.

Lusa

  • Depressão é a doença mental mais frequente no país e afeta cerca de 400 mil portugueses
    3:23
  • Carro de Santana Lopes não tinha seguro?
    1:44