Coronavírus

Caso suspeito de coronavírus em Lisboa deu negativo

JOSÉ SENA GOULÃO

A DGS anunciou no domingo a existência de dois novos casos suspeitos, um em Lisboa e outro no Porto.

Especial Coronavírus

O caso suspeito de infeção pelo coronavírus em Portugal encaminhado este domingo para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após análises, anunciou esta segunda-feira a Direção-Geral de Saúde (DGS).

Num comunicado citado pela Lusa, a DGS refere que "o oitavo caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (COVID-19) em Portugal, que foi encaminhado para o Hospital Curry Cabral, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, resultou negativo após realização de análises laboratoriais pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), com duas amostras biológicas negativas".

A DGS tinha anunciado no domingo a existência de dois novos casos suspeitos de infeção pelo coronavírus em Portugal. Falta saber o resultado das análises ao caso encaminhado para o Centro Hospitalar Universitário de São João, no Porto.

O Curry Cabral e o São João são hospitais de referência para estas situações.

Estes são o oitavo e o nono casos suspeitos de infeção pelo novo Coronavírus em Portugal, sendo que nenhum dos casos anteriores se confirmou.

As suspeitas surgiram no dia seguinte aos 20 repatriados de Wuhan, a cidade chinesa onde foi detetado o surto de coronavírus, terem saído do isolamento voluntário, no Hospital Pulido Valente. Os 18 portugueses e duas brasileiras estão de volta à vida normal e sem restrições, depois de estarem em isolamento voluntário durante 14 dias.

INEM GARANTE ESTAR PREPARADO PARA O TRANSPORTE DE DOENTES COM CORONAVÍRUS

O INEM garante que está preparado para o transporte de doentes com coronavírus, com material adequado e em condições, estando os profissionais a receber formação para o manusear, uma posição contestada pelo sindicato, que pede apoio à tutela.

Em declarações à SIC, o Instituto Nacional de Emergência Médica diz que até agora só teve conhecimento de uma máscara danificada, que assegurou ter sido substituída.

As declarações surgem após uma denúncia do Sindicado dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar, que diz que o INEM fez chegar às 54 bases de emergência equipamento de proteção contra o coronavírus danificado e em número reduzido.

DGS GARANTE QUE EXISTE ARSENAL TERAPÊUTICO PARA LIDAR COM O CORONAVÍRUS

A Direção Geral da Saúde garante que existe um arsenal terapêutico para lidar com o coronavírus, mas lembra que é preciso reforçar as medidas de prevenção nas alturas mais críticas da propagação de um vírus.

Coronavírus

O coronavírus já provocou 1.770 mortos e infetou mais de 70 mil pessoas por todo o mundo. No último balanço das autoridades chinesas, na madrugada desta segunda-feira, a região de Hubei reportou 1.933 novos casos e 100 mortes.

A maioria dos casos ocorreu na China, onde o surto de coronavírus foi detetado no final do ano.

Além das vítimas mortais na China continental, há a registar um morto na região chinesa de Hong Kong, um nas Filipinas, um no Japão, um em França e um em Taiwan.

As autoridades chinesas isolaram várias cidades da província de Hubei, no centro do país, para tentar controlar a epidemia, medida que abrange cerca de 60 milhões de pessoas.

Veja também:

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criou, em conjunto com outras entidades, um mapa interativo que permite acompanhar a evolução do coronavírus no mundo.

  • Terceiro período do ensino básico à distância. Exames do secundário adiados

    Coronavírus

    O terceiro período do ano letivo no ensino básico arranca no próximo dia 14, mas sem atividades letivas presenciais e com apoio de transmissões televisivas. Os exames nacionais do 11.º e 12.º anos foram adiados e o ano letivo pode estender-se até 26 de junho. Portugal regista 409 mortes e 13.956 infetados pelo novo coronavírus. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia da Covid-19.

    Direto

    SIC Notícias