Coronavírus

DGS diz que situação clínica do português infetado num cruzeiro no Japão “não é grave”

DGS diz que situação clínica do português infetado num cruzeiro no Japão “não é grave”

Graça Freitas confirma que o português irá abandonar o navio na manhã de terça-feira no Japão, madrugada em Portugal.

Especial Coronavírus

O português infetado com o novo coronavírus no navio Diamond Princess irá para um hospital no Japão onde será acompanhado, informou a Direção-Geral da Saúde, que explica que o processo está a cargo do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Graça Freitas explica que a DGS tem estado “muito atenta” ao caso e deseja a rápida recuperação do português, cuja situação clínica não é grave.

Veja também:

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criou, em conjunto com outras entidades, um mapa interativo que permite acompanhar a evolução do coronavírus no mundo.

MAIS INFORMAÇÃO NO ESPECIAL CORONAVÍRUS

  • Governo admite aumento de pressão sobre os hospitais

    Coronavírus

    No dia em que o balanço da Direção Geral de Saúde dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal, o Governo admite que aumentou a pressão sobre os hospitais. Esta segunda-feira, ficou ainda a saber-se que o País já tem um mapa de risco de infeção por coronavírus. Em Londres, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson está internado nos cuidados intensivos. Em Espanha, o número de óbitos desceu pelo quarto dia consecutivo. Já os Estados Unidos ultrapassaram as 10 mil mortes. O novo coronavírus matou, desde dezembro, 73.139 pessoas e infetou mais de 1,3 milhões em todo o mundo.

    SIC Notícias