Coronavírus

Itália regista mais de 200 mortos e quase 6.000 casos do novo coronavírus

MATTEO CORNER

A maioria dos casos positivos está concentrada no norte do país.

Saiba mais...

Mais 36 pessoas morreram em Itália nas últimas 24 horas por causa do coronavírus (Covid-19), o que significa que o número total de mortes no país causadas pela doença já atingiu os 233, segundo dados oficiais divulgados este sábado.

De acordo com os mesmos dados, o número de casos de infetados registados no país aumentou para 5.883 (um acréscimo de 1.247 novos).

A Itália, o país mais afetado na Europa e o terceiro no mundo pelo Covid-19, nome atribuído pela Organização Mundial Saúde (OMS) à doença provocada pelo novo coronavírus, realizou 42.062 testes desde o início da epidemia.

A maioria dos casos positivos está concentrada no norte do país: na Lombardia (região de Milão, 3.420 casos), Emilia-Romanha (região de Bolonha, 1.010) e Veneto (região de Veneza, 543).

A epidemia de Covid-19, surgida no final do ano, na China, provocou já mais de 3.500 mortos entre mais de 101 mil pessoas infetadas em pelo menos 94 países.

De acordo com os últimos dados da Direção-Geral da Saúde, Portugal tem 13 casos confirmados de Covid-19, a doença provocada pelo coronavírus.

Com base no número mundial de infetados, a taxa de letalidade é de 3,4%, sendo que até ao momento a maioria já recuperou.

Veja também:

  • 20 anos da tragédia de Entre-os-Rios

    País

    A 4 de março de 2001, a Ponte Hintze Ribeiro, que ligava Entre-os-Rios a Castelo de Paiva, caiu e arrastou para o Douro três carros e um autocarro. Não houve sobreviventes, 59 pessoas morreram, 36 corpos nunca foram encontrados. Acompanhe aqui a emissão especial da SIC Notícias.

    Direto

    SIC Notícias

  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes