Coronavírus

Centro Hospitalar Lisboa Norte limita visitas aos doentes internados

MIGUEL A. LOPES

Medidas tomadas para minimizar risco de transmissão do coronavírus.

Especial Coronavírus

O Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, que integra os hospitais Santa Maria e Pulido Valente, limitou o número de visitas aos doentes e suspendeu a presença de alunos ou estagiários nas suas áreas assistenciais, foi hoje anunciado.

Estas medidas fazem parte de um conjunto de orientações que entram hoje em vigor para minimizar o risco de transmissão do novo coronavírus nos seus hospitais, no âmbito do Plano de Contingência do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN) para a infeção Covid-19.

Assim, o centro hospitalar decidiu que, cada doente, terá no máximo duas visitas por dia, em dois períodos, e só poderá permanecer uma visita de cada vez junto da pessoa internada.

Segundo o CHULN, foram também revogadas todas as autorizações e suspensa a aceitação de novos pedidos de comissões gratuitas de serviço para profissionais do centro hospitalar.

Suspender as visitas clínicas de grupo junto dos doentes internados e a presença de alunos ou estagiários nas áreas assistenciais dos hospitais, em especial no contacto com doentes, são outras medidas tomadas.

Foram também cancelados os eventos formativos, científicos ou de divulgação, nomeadamente com participantes estrangeiros, agendados para estes mês e abril.

Foi também determinada a suspensão da presença de delegados de informação médica, bem como de outros elementos com funções de divulgação ou sensibilização, comercial ou outra, nas instalações dos centro hospitalar e toda a atividade de voluntariado não associado a prestação direta de cuidados de saúde.

Portugal regista 34 casos confirmados de infeção.

Veja também:

  • 21:07