Coronavírus

Clientes da TAP podem alterar data ou destino da viagem sem custo

Para bilhetes comprados entre dia 8 e 31 de março.

Especial Coronavírus

"Desde o início da expansão global do Coronavirus (COVID-19), temos vindo a efetuar todos os esforços possíveis de forma a auxiliar os nossos passageiros na gestão das suas reservas. Para que planeie a sua viagem com confiança, garantimos a possibilidade de reagendamento do seu voo sem o pagamento da taxa de alteração associada, em bilhetes emitidos entre os dias 8 e 31 de março de 2020. A alteração gratuita terá que ser solicitada com uma antecedência de 21 dias, em relação à da data do primeiro voo, e é aplicável a todas as rotas TAP e a todas as datas de viagem", lê-se no site da TAP.

A TAP vai cancelar mais 2.500 voos até ao final de maio, além dos 1.000 que já tinham sido cortados.

O anúncio, feito na tarde desta segunda-feira, prende-se com a forte quebra sentida nas reservas por causa do coronavírus.

Itália é um dos destinos mais afetados, o que já levou à redução no número de voos diários para Milão.

Veja também: