Coronavírus

Grande Prémio das Américas de MotoGP adiado

David Klein

Prova deveria decorrer entre 3 e 5 de abril.

Especial Coronavírus

O Grande Prémio das Américas foi adiado para 13 a 15 de novembro devido à epidemia do coronavírus, anunciaram hoje os organizadores.

A alteração da data da prova norte-americana, que se disputa em Austin, no Texas, obrigou ao adiamento do Grande Prémio (GP) da Comunidade Valenciana, em Espanha, última prova do campeonato, que ficou agendada para o período de 20 a 22 de novembro.

O GP das Américas é a terceira prova do Mundial de motociclismo de velocidade a ser afetada, depois de a etapa inaugural, no Qatar, ter-se disputado apenas nas categorias de Moto2 e Moto3, sem a realização da corrida de MotoGP, na qual compete o português Miguel Oliveira (KTM).

O Grande Prémio da Tailândia, segunda prova do calendário de 2020, cujas corridas das três categorias deveriam ser disputadas em 22 de março, foi adiado para 4 de outubro.

A epidemia do coronavírus, detetada em dezembro, na China, tem tido impacto no cancelamento, adiamento ou realização à porta fechada de vários eventos desportivos em todo o mundo.

O surto de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.000 mortos. Cerca de 114 mil pessoas foram infetadas em mais de uma centena de países, e mais de 63 mil recuperaram. Portugal regista 41 casos confirmados de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

Veja também: