Coronavírus

Argélia regista a primeira morte devido ao novo coronavírus

Anis Belghoul

Dezassete membros da mesma família foram infetados em conexão com os casos confirmados em cidadãos argelinos em França.

Especial Coronavírus

A Argélia registou a sua primeira morte devido à infeção pelo novo coronavírus (Covid-19), anunciou hoje num comunicado o Ministério da Saúde do país.

O comunicado de imprensa, citado pela agência oficial APS, não forneceu mais detalhes sobre essa morte.

Além disso, cinco novos casos de Covid-19 foram identificados, elevando para 24 o número de casos confirmados no território argelino, de acordo com o Ministério da Saúde do país.

Um 25.º caso - o primeiro registado na Argélia - refere-se a um cidadão italiano diagnosticado positivo em fevereiro, mas que voltou ao seu país.

Entre os cinco novos casos anunciados na quinta-feira, estão dois argelinos que estiveram em França.

Ambos foram hospitalizados, um deles na cidade de Souk-Ahras (leste do país) e outro em Tizi-Ouzou, a leste de Argel.

As outras três pessoas estão a ser tratadas num hospital na província de Blida, a sudoeste de Argel, segundo o Ministério da Saúde.

Dezassete membros da mesma família em Blida já foram infetados, em conexão com os casos confirmados em cidadãos argelinos em França.

A pandemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.500 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ultrapassou as 124 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 59 casos confirmados.

MAPA INTERATIVO MOSTRA EM TEMPO REAL OS PAÍSES AFETADOS PELO CORONAVÍRUS

A Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, criou, em conjunto com outras entidades, um mapa interativo que permite acompanhar a evolução do coronavírus no mundo.

Veja também: