Coronavírus

Covid-19: “É importante começarmos a testar mais pessoas”

Covid-19: “É importante começarmos a testar mais pessoas”

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública considera que a política de teste não é suficientemente abrangente.

Especial Coronavírus

Em entrevista no Primeiro Jornal desta terça-feira, Ricardo Mexia explica que os casos suspeitos de Covid-19 estão a ser testados em função de uma “definição de caso muito apertado” e que a realização de testes deve ser alargada para que se tenha uma “noção mais clara da realidade”.

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública diz ainda que só é possível avaliar o impacto das medidas aplicadas cinco ou seis dias depois de entrarem em vigor, mas explica que os países que foram “mais longe” nas medidas e de forma mais célere têm tido resultados mais eficientes.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

Veja também: