Coronavírus

O percurso da Covid-19 em Portugal

O percurso da Covid-19 em Portugal

Explicação do Presidente do Conselho Nacional de Saúde, Henrique Barros.

Especial Coronavírus

O Presidente do Conselho Nacional de Saúde, Henrique Barros, explicou esta quinta-feira que com a entrada na segunda fase de mitigação, não importam os casos que veem de fora, mas sim as cadeias que correm dentro da comunidade.

Numa entrevista no Primeiro Jornal, da SIC, esclareceu ainda que ninguém pode dizer que a situação não se vai agravar, referindo que pode haver ainda uma fase pior do que a que estamos a atravessar, apresentando como exemplo o caso de Espanha e Itália.

Nesta fase, devem aumentar o número de locais onde podem haver respostas de saúde, aumentar o número hospitais e espaços para os doentes com coronavírus. Estas medidas devem ser garantidas antes da chegada de muitas pessoas ao mesmo tempo aos serviços de saúde.

SIGA AQUI AO MINUTO AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Veja também:

  • Governo admite aumento de pressão sobre os hospitais

    Coronavírus

    No dia em que o balanço da Direção Geral de Saúde dá conta de 311 mortes e 11.730 casos de Covid-19 em Portugal, o Governo admite que aumentou a pressão sobre os hospitais. Esta segunda-feira, ficou ainda a saber-se que o País já tem um mapa de risco de infeção por coronavírus. Em Londres, o primeiro-ministro britânico Boris Johnson está internado nos cuidados intensivos. Em Espanha, o número de óbitos desceu pelo quarto dia consecutivo. Já os Estados Unidos ultrapassaram as 10 mil mortes. A pandemia do novo coronavírus já matou, desde dezembro, 73.139 pessoas e infetou mais de 1,3 milhões em todo o mundo.

    SIC Notícias