Coronavírus

Ministro holandês recua após várias críticas, incluindo de António Costa 

Ministro terá sugerido que a situação atual mostra que nem todos os países fizeram o que deviam para estarem preparados para uma nova crise.  

Saiba mais...

O ministro holandês das Finanças reconhece que não esteve bem nas declarações que fez sobre a preparação dos países do sul para combater o novo coronavírus.

É o recuo depois de ter ouvido várias críticas, incluindo de António Costa que classificou o discurso como repugnante.

​​​​​Wopke Hoekstra defende agora mais solidariedade, mas continua a recusar avançar com a mutualização da dívida europeia e a criação de eurobonds.

  • 14:54