Coronavírus

Maláui entra na lista de países africanos afetados pela pandemia

Siphiwe Sibeko

Os três primeiros casos confirmados de covid-19 na capital do país, Lilongwe.

Especial Coronavírus

O Maláui entrou hoje na longa lista de países africanos afetados pela pandemia provocada pelo novo coronavírus, tendo anunciado oficialmente os três primeiros casos confirmados de covid-19 no território.
Os três casos foram identificados na capital do país, Lilongwe, disse o Presidente Peter Mutharika, num discurso transmitido pela televisão, acrescentando que uma doente tinha regressado de uma recente viagem à Índia.
"Quando ela chegou ao Maláui, a paciente ficou em quarentena em casa por duas semanas quando notou os sintomas da doença", indicou, citado pela agência France-Presse.
O chefe de Estado revelou ainda que "o segundo caso de infeção é de um familiar da mulher e o terceiro de alguém que trabalhou na sua casa".
O Presidente do Maláui declarou o estado de emergência em 23 de março e ordenou o encerramento das escolas até novo aviso para conter a epidemia.
Até agora, Comores, Lesoto, São Tomé e Príncipe e Sudão do Sul são os últimos países do continente africano a não registar oficialmente qualquer caso de covid-19.
O número de mortes em África subiu para mais de 240 num universo de mais de 6.400 casos confirmados em 50 países, de acordo com as estatísticas sobre a doença naquele continente.