Coronavírus

Régua conseguiu travar potencial foco de Covid-19

Autarquia avançou com um centro de testes o que permitiu detetar um caso num funcionário de um lar.

Especial Coronavírus

Foi a própria auatarquia da Régua a avançar com um centro de testes à Covid-19.

Uma medida que permitiu detetar um caso num funcionário de um lar e travar um potencial foco do vírus.

No concelho, a vigilância tem sido apertada, sobretudo à volta dos casos já identificados de coronavirus.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

ESPECIAL CORONAVÍRUS

Mais 37 mortes e 852 infetados em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta sexta-feira a existência de 246 mortes e 9.886 casos de Covid-19 em Portugal.

O número de óbitos subiu, de ontem para hoje, de 209 para 246 - uma subida de 17,7% em relação a ontem -, enquanto o número de infetados aumentou de 9.034 para 9.886, mais 852, o que representa um aumento de 9,4%.

No que toca a doentes internados, o número subiu de 1.042 para 1.058. 245 estão em Unidades de Cuidados Intensivos, mais cinco em relação ao último balanço

O número de casos recuperados mantém-se nos 68.

Mais de 1 milhão de infetados, 53.693 mil mortos no mundo

A pandemia de covid-19 matou quase 54 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 11:00, a partir de dados oficiais.

De acordo com a agência de notícias francesa, morreram 53.693 pessoas, foram diagnosticados mais de 1.035.380 casos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19.

Foram consideradas curadas pelo menos 201.500 pessoas.

Itália, que registou a primeira morte ligada ao coronavírus no final de fevereiro, é o país mais afetado em número de mortes, com 13.915 mortes em 115.242 casos. 18.278 pessoas foram consideradas curadas pelas autoridades italianas.

Depois de Itália, os países mais afetados são Espanha, com 10.935 mortes, em 117.710 casos, os Estados Unidos com 6.058 mortes (245.573 casos), França com 5.387 mortes (73.743 casos) e a China continental com 3.322 mortes (81.620 casos).

A China (sem os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou 81.620 casos (31 novos entre quinta e hoje), incluindo 3.322 mortes (quatro novas) e 76.571 curados.

Também os Estados Unidos estão a ser bastante afetados pela pandemia tendo sido registadas oficialmente 245.573 infeções, incluindo 6.058 mortes e 9.228 curados

Desde as 19:00 de quinta-feira, a Líbia, Quirguistão, Ilhas Marianas do Norte e Letónia anunciaram as primeiras mortes ligadas ao vírus.

A Europa totalizou até às 11:00 de hoje 38.974 mortes para 559.459 casos, os Estados Unidos e o Canadá 6.192 mortes (256.641 casos), Ásia 4.071 mortes (114.053 casos), Médio Oriente 3.446 mortes (67.045 casos), América Latina e Caraíbas 691 mortes (24.959 casos), África 287 mortes (7.002 casos) e Oceânia 32 mortes (6.227 casos).