Coronavírus

Marchas populares de Lisboa e arraiais de Santo António cancelados

Lusa

Devido à pandemia de Covid-19.

Especial Coronavírus

A edição deste ano das marchas populares de Lisboa e os arraiais de Santo António foram cancelados devido à pandemia Covid-19, anunciou este sábado a Câmara Municipal de Lisboa.

Em comunicado a autarquia lisboeta refere que atendendo ao desenrolar da atual pandemia e do período de confinamento e distanciamento social ter inviabilizado os ensaios, a câmara municipal e a EGEAC - Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural-, decidiram cancelar a edição de 2020 das marchas populares de Lisboa.

O tema "Amália Rodrigues" transitará para a edição de 2021 das marchas populares, permitindo que todo o trabalho realizado (arcos, cenografia, figurinos), possa ser rentabilizado no próximo ano.

A autarquia anuncia ainda que a edição de 2020 dos casamentos de Santo António, da qual não foi possível realizar entrevistas e selecionar os nubentes, também está cancelada.

As candidaturas para 2020 serão automaticamente consideradas para a edição de 2021.

A decisão surge na sequência de um conjunto de medidas de proteção da saúde pública que a autarquia tem vindo a aplicar desde o dia 11 de março, como o encerramento de eventos e instalações desportivas, culturais, bibliotecas e museus, para reduzir o risco de contágio.

A Câmara Municipal de Lisboa explica que a elevada concentração de pessoas que marca os arraiais populares, é incompatível com a sua realização mesmo num cenário de achatamento da curva de contágio e da diminuição do número de infetados, razão pela qual a edição de 2020 está cancelada.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES DA PANDEMIA DE COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS