Coronavírus

Milionários chineses do Alibaba doam 1.000 ventiladores a Nova Iorque

Tiksa Negeri

A cidade de Nova Iorque é o epicentro da propagação do novo coronavírus nos Estados Unidos.

Especial Coronavírus

A cidade de Nova Iorque vai receber mil ventiladores pulmonares doados pelos milionários chineses Jack Ma and Joseph Tsai, fundadores do grupo de comércio eletrónico Alibaba, revelou este domingo Andrew Cuomo, governador do estado de Nova Iorque.

"Esses ventiladores vão fazer uma diferença significativa", disse Cuomo, que anunciou que o estado americano de Óregon, na costa do Pacífico, enviou também para Nova Iorque 140 ventiladores pulmonares, correspondendo a um apelo nacional feito pelo governador.

Andrew Cuomo agradeceu ao governo chinês as facilidades concedidas na importação dos ventiladores pulmonares, essenciais para acudir aos doentes em falência respiratória aguda.

A cidade de Nova Iorque é o epicentro da propagação do novo coronavírus nos Estados Unidos, com 113.700 casos confirmados. No território do estado com o mesmo nome morreram mais de 3.500 pessoas vítimas de contaminação e há 15 mil doentes internados com o novo coronavírus, 4.100 dos quais nos cuidados intensivos.

Andrew Cuomo ordenou, entretanto, que todas as cidades do estado cedam a Nova Iorque vinte por cento do material médico existente, nomeadamente ventiladores, mas o impacto dessa medida ainda não se fez sentir.

A medida está a ser muito contestada por representantes do Partido republicano, que temem que outras cidades do estado fiquem limitadas no esforço de conter a propagação da pandemia e de socorrer as pessoas contaminadas.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS