Coronavírus

Cabeleireiros e centros de estética pedem mais apoio ao Governo

Cabeleireiros e centros de estética pedem mais apoio ao Governo

Salões e centros de estética estão fechados, mas as despesas fixas mantêm-se.

Especial Coronavírus

Os cabeleireiros, barbearias e centros de estética também tiveram de fechar devido à pandemia.

Estão preocupados e pedem ajuda ao Governo sobretudo no caso dos estabelecimentos em que os donos são ao mesmo tempo empregados.

Enquanto os trabalhadores têm direito a dois terços do salário em caso de lay-off, o sócio-gerente não tem qualquer apoio do Estado.

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19