Coronavírus

Matos Fernandes agradece contributo dos transportes coletivos

MANUEL DE ALMEIDA

Agradece o trabalho dos profissionais dos transportes coletivos no contexto da pandemia, que permite assegurar a mobilidade nas áreas urbanas.

Especial Coronavírus

O ministro do Ambiente agradece o trabalho dos profissionais dos transportes coletivos no contexto da pandemia, que permite assegurar a mobilidade nas áreas urbanas, e apela aos utentes para que cumpram as determinações do estado de emergência.

Numa mensagem de agradecimento dirigida aos trabalhadores dos transportes coletivos, João Pedro Matos Fernandes lembra que, apesar das restrições à circulação introduzidas pela declaração de estado de emergência, "os transportes públicos são serviços essenciais e devem estar disponíveis para todos os que precisam de se deslocar".

O ministro do Ambiente e Ação Climática apela, neste contexto, aos profissionais das empresas de transportes para que "cumpram as recomendações públicas e as recomendações das empresas e continuem a higienizar todos os locais de trabalho".

Já aos utentes dos transportes coletivos urbanos, o ministro do Ambiente lembra "que a procura desceu muito, mas as empresas continuam a garantir uma boa oferta", apelando para que todos cumpram os novos limites de lotação (reduzida para um terço do habitual) e utilizem os transportes públicos "apenas quando necessário".

Assim, e apesar de nesta fase não estar a ser feita a validação dos títulos de transporte, Matos Fernandes diz ser "fundamental continuar a comprar a adquirir o passe, pois é necessário que se mantenha uma oferta robusta".

SIGA AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19