Coronavírus

Mundial de MotoGP com mais duas provas adiadas

Lai Seng Sin

A organização não anunciou datas previstas para a realização das provas.

Especial Coronavírus

Os Grandes Prémios de Itália e da Catalunha dos Campeonatos do Mundo de MotoGP, Moto2 e Moto3, foram adiados para data ainda a confirmar, anunciou hoje a Dorna, empresa promotora do Mundial, devido à Covid-19.

O circuito de Mugello deveria acolher a jornada mundialista a 31 de maio, com o circuito de Barcelona a receber a caravana do campeonato em que participa o português Miguel Oliveira uma semana depois, a 7 de junho.

"Enquanto a situação se mantiver em constante evolução não podem ser anunciadas novas datas para estes Grandes Prémios bem como para os de Espanha e França. Um calendário revisto será anunciado assim que possível", prometem a FIM (Federação Internacional de Motociclismo), a IRTA (Associação de equipas) e a Dorna Sports.

Com estas são já oito as corridas afetadas pela pandemia de Covid-19, depois do cancelamento do GP do Qatar de MotoGP (realizaram-se as corridas de Moto2 e Moto3) e do adiamento das sete provas seguintes nas três categorias (Tailândia, Américas, Argentina, Espanha, França e agora Itália e Catalunha).

O novo coronavírus, responsável pela pandemia de Covid-19, já infetou mais de 1,3 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 73 mil. Dos casos de infeção, cerca de 250 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19