Coronavírus

Covid-19: Hospitais privados vão cobrar todas as despesas ao SNS

Hoje no Jornal da Noite

Rafael Marchante

Uma reportagem para ver no Jornal da Noite de hoje.

Saiba mais...

A SIC revela-lhe esta noite um novo braço de ferro entre hospitais privados e Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Os hospitais privados preparam-se para cobrar ao SNS todas as despesas de doentes Covid-19 que testem positivo nas suas instalações, mesmo que tenham vindo parar ao privado por opção e pelo seu própio pé. A fatura do internamento, exames e testes, será enviada na íntegra ao SNS.

Os hospitais privados garantem estar cobertos pela norma que regula o estado de emergência e, nesse sentido, a fatura começou a somar parcelas a 26 de março.

Contactado pela SIC, o Ministério da Saúde tem outro entendimento: assegura o gabinete de Marta Temido que o Serviço Nacional de Saude só irá assumir as despesas dos doentes Covid-19 que tenham sido encaminhados para os privados pelo próprio SNS.

O protocolo que as administrações regionais de saúde irão assinar com os hospitais privados é claro: o SNS só assume o pagamento dos doentes que encaminhar para o sistema privado. Um braço de ferro que promete agitar ainda mais as relações tensas entre publico e privado no setor da saúde.

Uma reportagem para ver na íntegra no Jornal da Noite de hoje, que pode seguir abaixo em direto:

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia