Coronavírus

Vendas de jogos sociais caíram para metade no último mês

(Arquivo)

O Euromilhões é o jogo mais atingido.

Especial Coronavírus

Desde que foi declarado o estado de emergência em Portugal que as receitas dos jogos sociais caíram para metade. Segundo o jornal Público, o confinamento social fez cair as vendas principalmente das raspadinhas e do Euromilhões.

Esta terça-feira, foram vendidos apenas 829 mil bilhetes do Euromilhões... longe do milhão e meio de média que costuma ser registado.

Com a suspensão do campeonato nacional de futebol, o Totobola suspendeu os concursos.

O Placard passou a ter como base a liga de futebol da Bielorrúsia - a única que não foi interrompida - mas a estratégia não atraiu os apostadores.

A quebra de vendas já terá levado mais de metade das casas de apostas a fechar portas e a recorrer ao regime de lay-off.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS COVID-19