Coronavírus

Utentes de lar em Melgaço não estão a receber cuidados médicos

Instituição regista 2 mortes e 33 infetados pela com o novo coronavírus.

Especial Coronavírus

O lar da Santa Casa da Misericórdia de Melgaço registou a morte de duas pessoas vítimas da Covid-19 e há já 33 infetadas, das quais 8 são funcionários. Jorge Ribeiro, provedor da Santa Casa da Misericórdia da região admite que a situação é insustentável, uma vez que os utentes do lar não estão a receber cuidados médicos.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

  • 1:31
  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira