Coronavírus

Paris Saint-Germain dedica título de campeão aos profissionais de saúde

EDDY LEMAISTRE

"Entendemos, respeitamos e apoiamos as decisões tomadas pelo governo francês para interromper o campeonato".

Saiba mais...

O Paris Saint- Germain, declarado esta quinta-feira campeão de França pela Federação daquele país (LFP), após o cancelamento da temporada 2019/20, devido à pandemia de covid-19, dedicou o seu nono título da primeira liga de futebol aos profissionais de saúde.

"Queremos dedicar este título de campeão de França da 'Ligue 1' 2019-2020 a todos os profissionais de saúde e a outros heróis do quotidiano pelo compromisso nestas longas semanas. Têm toda a nossa admiração", disse o presidente do clube parisiense, Nasser Al-Khelaifi, citado clube na página oficial na Internet.

Al-Khelaifi manifestou ainda concordância com o governo francês, que anunciou a impossibilidade de retomar a temporada dos desportos profissionais, incluindo a de futebol, e realçou que a saúde é a "prioridade".

"Entendemos, respeitamos e apoiamos as decisões tomadas pelo governo francês para interromper o campeonato. A saúde, como o governo sempre disse, deve ser a nossa prioridade", acrescentou.

Por fim, agradece o "trabalho maravilhoso" dos jogadores, treinador e restantes funcionários do clube, que culminou com um troféu que "recompensa o compromisso diário".

Os comandados pelo alemão Thomas Tüchel conquistaram o terceiro título seguido e o sétimo nos últimos oito anos, tendo garantido o apuramento direto para a fase de grupos da Liga dos Campeões da próxima temporada.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 227 mil mortos e infetou quase 3,2 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Cerca de 908 mil doentes foram considerados curados.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19

ESPECIAL CORONAVÍRUS