Coronavírus

Pandemia obriga a um Dia do Trabalhador diferente do habitual

A CGTP mantém as ações na rua, mas com restrições.

Especial Coronavírus

Assinala-se esta sexta-feira o 1 de Maio, Dia do Trabalhador, de forma muito diferente do habitual, devido à pandemia do novo coronavírus.

As centrais sindicais cancelaram ou alteraram as ações e a PSP apelou esta manhã à população para não se juntar às iniciativas que vão acontecer na rua.

A UGT está a publicar vídeos na internet durante todo o dia e a líder da CGTP mantém o discurso na Alameda, em Lisboa, esta tarde, mas com restrições no número de pessoas.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO TODA A INFORMAÇÃO SOBRE A COVID-19