Coronavírus

Europa com mais de 1,5 milhões de casos diagnosticados de Covid-19

Emilio Morenatti

Espanha é o país com o maior número de infetados.

Especial Coronavírus

Mais de um milhão e meio de casos de contaminação pelo novo coronavírus foram oficialmente diagnosticados na Europa, um pouco menos da metade do total mundial, de acordo com uma contagem feita, às 08:50 TMG, pela France-Presse (AFP).

Com pelo menos 1.506.853 de casos e 140.260 mortes, a Europa é o continente mais afetado pela pandemia da covid-19.

A nível mundial, o total de registos de infetados foi de 3.350.224 casos e o total de mortes cifrou-se em 238.334, de acordo com a agência de notícias francesa.

Espanha, com 215.216 casos e 24.824 mortes, Itália, com 207.428 e 28.236 mortes, Reino Unido, com 177.454 casos e 27.510, França, com 167.346 casos e 24.594 mortes, e Alemanha, com 161.703 casos e 6.575 mortes, são os cinco países que contam oficialmente com mais de 150.000 casos no seu território.

Já a Rússia, com 124.054 e 1.222 mortes, é o país que regista atualmente maior número de casos por dia.

Todavia, o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, já que muitos países neste momento testam apenas os casos que requerem tratamento hospitalar.

SIGA AQUI AS ÚLTIMAS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

  • Não estou de acordo

    Opinião

    Não estou de acordo com métodos medievais para enfrentar uma pandemia. Se os vírus evoluíram, a organização da sociedade também deveria ter evoluído o suficiente para os combater de outra forma. O recolher obrigatório é próprio dos tempos obscuros e das sociedades não democráticas. Proibir as pessoas de circular na rua asfixia a economia e não elimina a pandemia.

    José Gomes Ferreira