Coronavírus

Ministro diz que é preciso “regra única europeia” para ocupação dos aviões

Ministro diz que é preciso “regra única europeia” para ocupação dos aviões

Siza Vieira lembra que o transporte aéreo tem características diferentes.

Especial Coronavírus

O ministro da Economia disse este domingo que é preciso aguardar por uma decisão europeia sobre a ocupação dos aviões. Pedro Siza Vieira afirmou ainda ser necessário compatibilizar a proteção dos passageiros com as regras de ocupação e equilíbrio económico.

Entretanto, a Comissão Europeia recomendou que, quando os voos forem retomados, os passageiros utilizem equipamentos de proteção como máscaras, mas abdica da regra de colocar assentos vazios para garantir distanciamento, reconhecendo que isso afeta a viabilidade económica das operações.

O Governo português vai limitar a dois terços da lotação normalmente prevista para cada aeronave, em portaria publicada em Diário da República.

A portaria n.º 106/2020 "estabelece para o transporte aéreo um limite máximo de passageiros, bem como as exceções a esse limite e respetivos requisitos, por forma a garantir a distância conveniente entre os passageiros e a garantir a sua segurança", prevendo igualmente as exceções à regra geral de 2/3 da capacidade das aeronaves, que entra em vigor já este domingo.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19