Coronavírus

Alemanha regista menos de mil novos casos pelo terceiro dia consecutivo

Hannibal Hanschke

O país continua a aliviar as medidas restritivas progressivamente.

Especial Coronavírus

A Alemanha regista hoje, pelo terceiro dia consecutivo, menos de mil novos casos diagnosticados de Covid-19, contabilizando mais 679 do que no dia anterior, para um total de 163.175.

Também o número de vítimas mortais, de acordo com os dados oficiais do Instituto Robert Koch (RKI), teve o menor aumento das últimas semanas. Houve mais 43 óbitos, o valor mais baixo desde março, para um total de 6.692 em todo o país.

O RKI revela que são agora 132.700 as pessoas que superaram a Covid-19, uma subida de cerca de 2.200 nas últimas 24 horas.

Hoje a Alemanha enfrenta um novo relaxamento das medidas de combate à pandemia, incluindo a abertura dos cabeleireiros, embora sob regras de higiene e segurança rígidas.

O estado federado da Alta Saxónia é o primeiro do país a permitir a reunião de cinco pessoas que não vivam na mesma casa. O líder da região, Reiner Haseloff, admite que este é "um passo significativo" para regressar à normalidade.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 245 mil mortos e infetou mais de 3,4 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.043 pessoas das 25.282 confirmadas como infetadas, e há 1.689 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

  • 0:43