Coronavírus

Espanha com o mesmo registo de óbitos pelo segundo dia consecutivo

BORJA SUAREZ

O último balanço das autoridades de saúde espanholas.

Especial Coronavírus

O Ministério de Saúde espanhol anunciou esta segunda-feira a existência de 25.428 mortes e 218.011 casos de Covid-19 no país.

O número de vítimas mortais subiu, de ontem para hoje, de 25.264 para 25.428, mais 164, o mesmo registo de óbitos pelo segundo dia consecutivo, enquanto o número de infetados aumentou 356 para 218.011, uma diminuição face ao dia anterior.

Há mais 2441 pessoas curadas, que elevam o total de pacientes recuperados para 121.343.

Espanha inicia primeira fase de alívio das restritições

A Espanha inicia hoje a primeira fase de alívio das medidas em vigor de luta contra a Covid-19, com a abertura parcial do pequeno comércio, como barbearias, cabeleireiros e restaurantes que passam a vender comida para levar.

JUAN MEDINA

Trata-se de medidas com um risco de contágio muito baixo ou nulo associado, segundo o "Plano de transição para uma nova normalidade" aprovado pelo Governo espanhol, com quatro etapas/fases que vão durar cada uma delas cerca de duas semanas, pelo que todo o processo demorará um mínimo de seis semanas e um máximo de oito, devendo estar concluído no final de junho.

Esta primeira fase prevê, entre outras ações, a reabertura dos estabelecimentos que vendem comida para levar para casa e das esplanadas, com uma limitação de ocupação até 30%, empresas de atendimento individual com marcação prévia (cabeleireiros, esteticistas, fisioterapia, psicoterapia, entre outros) e o pequeno comércio.

Governo espanhol vai aprovar fundo de 16 mil milhões de euros

O Governo espanhol vai aprovar um fundo de recuperação de 16 mil milhões de euros. O objetivo é ajudar as autoridades regionais na resposta social e económica à covid-19.

Alvaro Barrientos

O presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou ainda que a partir desta segunda-feira o uso de máscaras nos transportes públicos passará a ser obrigatório.

Espanha vai prolongar pela quarta vez o estado de emergência por mais 15 dias.

Máscaras obrigatórias nos transportes públicos

O chefe do executivo anunciou que o uso de máscaras vai ser obrigatório nos transportes públicos a partir de segunda-feira.

Sánchez disse que todos os indicadores apontam para que a Covid-19 esteja controlada, pelo que o estado de emergência "funciona", alertando para que no período de desconfinamento ainda será "mais importante o controlo e a responsabilidade social e pessoal".

"Precisamos de nos apegar a certas certezas; sabemos que o estado de emergência funcionou e sabemos que ainda é necessário", disse o chefe do executivo, sublinhando que o Governo está focado em vencer a ovid-19 "sem perder tempo em cesurar ninguém".

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19