Coronavírus

Japão prolonga estado de emergência até 31 de maio

Kim Kyung Hoon

O último balanço oficial indica que 15.057 pessoas foram contagiadas no Japão.

Especial Coronavírus

O estado de emergência em vigor desde 07 de abril no Japão devido à pandemia de covid-19 vai ser prolongado em todo o país até 31 de maio, anunciou esta terça-feira o primeiro-ministro.

"Vou prolongar até 31 de maio o estado de emergência declarado a 07 de abril. Todas as prefeituras do país estão abrangidas", disse Shinzo Abe sobre as medidas de combate à pandemia, que estava previsto que terminassem na quarta-feira.

O anúncio foi feito numa reunião da equipa governamental que supervisiona as medidas de combate à covid-19, que no Japão já fez mais de 500 mortos.

Na sua intervenção, transmitida pela televisão pública, Abe disse que no dia 14 de maio haverá uma reunião de especialistas para reavaliar a situação e que nessa ocasião poderá ser levantado o alerta sanitário antes de 31 de maio, em função do número de contágios.

Abe convocou uma conferência de imprensa para as 18:00 (10:00 em Lisboa) para dar mais explicações sobre a decisão anunciada hoje.

O estado de emergência foi inicialmente declarado para a área metropolitana de Tóquio e outras seis prefeituras, mas foi posteriormente alargada a todo o país.

O último balanço oficial indica que 15.057 pessoas foram contagiadas desde o primeiro caso no Japão, detetado em meados de janeiro, e 510 pessoas morreram devido à covid-19.

ACOMPANHE AQUI AO MINUTO AS INFORMAÇÕES SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19